segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Cores

Relógios. Lápis de cor gasto sobre a mesa.
Toda vez que ele ia embora, ela tentava pintar seu mundo com uma cor que o deixasse bem menos cinza.

2 comentários:

Cleyton disse...

Que curtos bons de ler. =D
Gostei daqui.

Victor Costa disse...

Celoca, assim como o Cleyton, muita gente adora ler poucas palavras traduzindo coisas que pensamos ser inexplicavel, indescritivel.
Muitas vezes nao temos tempo de te dizer o quanto é bom isso aqui, mas pode apostar que muita gente passa aqui todo dia, lê, ri, faz "ôôô" e renova o espírito para mais um dia com pessoas normais muito diferentes de você.
É confortante saber que quando tudo parecer chato, a gente tem um lugarzinho legal pra visitar. ;)
É não tenho seu dom, mas acho que consegui dizer o que queria. Um beijo.